Cocar Indígena Kariri-Xocó - Samy

R$1.100,00

2x de R$550,00 sem juros

Cocar Indígena Kariri-Xocó

Tamanho: 50 cm altura (1m total com os barbantes) x 42cm comprimento

Origem: região do Baixo São Francisco - AL

História: O tempo para construção desses cocares é definitivamente o tempo da natureza. Parte de sua complexidade está na obtenção das penas, pois apesar de terem origem animal, são colhidas na época de troca, quando é possível encontra-las no chão da floresta. Por isso é fundamental saber a origem dessas peças. Essas foram adquiridas através de Luciana Guarani, filha do cacique Sergio Karay, que fez a ponte entre seus parentes até nós.

 

Os cocares não são um simples adorno ou acessório, eles são um elemento central na cultura indígena, com significados específicos atribuídos por cada etnia. Em geral são usados pelas pessoas de maior posição social do grupo, como caciques e pagés, podendo ser um símbolo de respeito e sabedoria, ou ligado a determinados rituais e festividades. Esse é um objeto sagrado, fonte de muito orgulho para aqueles que usam.

 

Essas peças foram feitas pelos indígenas Kariri-xocó, um grupo indígena formado a partir da fusão entre os Kariri, do município alagoano Porto Real de Colégio, e os Xocó da ilha fluvial sergipana de São Pedro. Os Xocó tiveram suas terras invadidas pela política fundiária do Império, e diante da extinção de suas aldeira, buscaram refúgio junto aos Kariri da outra margem do rio. Nos cocares nada é aleatório, as penas de maior tamanho são posicionadas no centro, e a disposição das penas é pensada para se obter o efeito visual desejado.