Banco Indígena Mehinako Anta G

R$3.200,00

2x de R$1.600,00 sem juros

Banco indígena de madeira

 

Origem: aldeia Mehinako, Alto Xingu – MT

Tamanho: 90cm comprimento x 23cm largura x 35cm altura 

História: Yaruru pertence à etnia indígena Mehinako e vive na aldeia Kaupuna, no território indígena do Xingu (MT). Aos 25 anos já dedica muitos deles à arte, dando continuidade à produção de peças que fazem parte da cultura indígena tradicional. O trabalho de produção dos banquinhos é árduo e começa na colheita da madeira na floresta. Diferente dos processos industriais, o corte das árvores é feito de maneira sustentável pelos indígenas, que devolvem à natureza os recursos utilizados, na mesma medida em que usufruem deles para sua própria sobrevivência. Nos dias que seguem a madeira é esculpida, tratada e lixada, dando forma a diferentes animais que habitam o imaginário e a vida desses povos. A etapa final consiste na pintura dos banquinhos com pigmentos naturais, onde são impressos os grafismos indígenas. Esse processo é totalmente artesanal, e dura cerca de 15 a 20 dias, por isso não é possível produzir grandes quantidades, o que também garante a sustentabilidade do processo em harmonia com a natureza. Os banquinhos são utilizados no cotidiano das aldeias, e muitos deles possuem significado e momento especial para serem usados.